Kia Motors decide manter preços neste início de ano

  •  

A Kia Motors do Brasil anunciou hoje que manterá neste início de ano, para todos os modelos importados, os preços praticados em dezembro, antes da obrigatoriedade do ABS e do airbag, em vigor a partir de 1º de janeiro, e o retorno gradual do IPI.

Enquanto os carros nacionais (e os importados até o limite da cota de 4.800 unidades/ano) passam a recolher 3% de IPI (motor de 1.0 litro – flex), 13% (1.0 a 2.0 litros – flex) e de 15% (1.0 litro a 2.0 litros – gasolina), aos importados incidem taxas de 33%, 43% e 45%, respectivamente.

Não bastasse a alíquota diferenciada de IPI, os carros importados estão sob forte pressão da valorização da moeda norte-americana. “Ainda assim vamos sustentar nossos preços praticados em dezembro último, com o objetivo de assegurar a nossa participação mercado brasileiro”, afirma José Luiz Gandini, presidente da Kia Motors do Brasil.

Nos primeiro oito dias de janeiro, os emplacamentos da Kia evoluíram 2% em relação a dezembro e 20,7% se comparados com o mês de novembro.

(Redação – Agência IN)