Escolher uma profissão pode ser um grande desafio

  •  
Escolher uma profissão pode ser um grande desafio (Foto: Divulgação) Escolher uma profissão pode ser um grande desafio

Dilema muito comum entre os jovens, escolher uma profissão pode ser um grande desafio. O segredo está em amadurecer primeiro.

Definir uma profissão tem uma importância tão grande na vida que os jovens tendem a ficar bastante nervosos quando estão no período entre o ensino médio e o vestibular, que é a época em que se sentam pressionados a decidir.

Mas existem diferentes métodos para que eles possam se sentir mais tranquilos e confiantes sobre seu futuro, e fazer uma escolha.

Alguns desses métodos são disponibilizados pelas escolas, principalmente as particulares, bem como pelos cursinhos. Outros estão na Internet e são testes de maturidade ou orientação profissional gratuitos e online.

Mas será que com 17 ou 18 anos de idade é a hora certa para se tomar uma decisão tão importante? Será que esses jovens já têm maturidade para fazer uma autoavaliação pessoal que realmente os ajude a escolher sua profissão?

NÃO CONSIGO ESCOLHER UMA PROFISSÃO, E AGORA?

Antes de tudo, calma! Se você está indeciso, talvez valha a pena esperar um pouco. Além disso, começar uma faculdade e depois mudar para outra não é nenhum bicho de sete cabeças e pode até te dar uma formação multidisciplinar interessante e muito apreciada, hoje em dia, pelas empresas.

Veja algumas dicas.

OS TESTES VOCACIONAIS SÃO MESMO UMA AJUDA?
Os testes vocacionais já foram assunto até para alguns episódios de séries de televisão e eles podem apresentar aos estudantes quais são as melhores perspectivas, considerando quais são os seus gostos pessoais. Nesses testes são feitas perguntas a respeito das preferências dos estudantes, daquilo que eles gostam de fazer, de como eles encaram problemas e superam desafios.

Com base no que esses jovens respondem no seu teste, o sistema vai apresentar que grupo de profissões seria mais recomendada para eles. Algo um pouco subjetivo e que, em muitos casos, pode não ser a melhor ajuda para um adolescente indeciso.

PALESTRAS EM FACULDADE E UNIVERSIDADES
Conhecer de perto o ambiente onde se vai estudar por 4 ou 5 anos é uma maneira de entender melhor o que se espera de um jovem na profissão que escolheu. Por isso, muitas universidades promovem palestras periódicas com o objetivo de orientar futuros alunos.

Existem também feiras para estudantes, principalmente no segundo semestre de todos os anos. Nessas feiras são organizadas palestras e montados stands de estágio profissional, que podem ser um caminho para os futuros profissionais se identificarem com uma carreira.

VIAGENS DE AUTOCONHECIMENTO
Fica muito claro para quem convive com jovens que o maior motivo de indecisão na escolha da carreira está na falta de maturidade.

E isso não é culpa dos estudantes, que recém saídos do ensino médio, muitas vezes, sequer têm experiência suficiente para saber o que querem fazer pelo resto de suas vidas.

Uma alternativa que vem sendo bastante empregada é passar um tempo estudando fora do Brasil , na forma de um intercâmbio de idiomas, de preferência em casa e família.

Ao contrário do que muitos pensam, um intercâmbio de três meses , por exemplo, pode custar menos do que este mesmo período em uma faculdade de ponta aqui no Brasil, principalmente se o estudante fizer um curso em outra cidade e precisar pagar aluguel, transporte e alimentação.

O objetivo é que o jovem passe um tempo distante dos pais, conheça novos hábitos e costumes, more em outro país, em uma casa de família ou alojamento estudantil, e “aprenda a se virar sozinho”.

Como isso, ele conseguirá uma tremenda evolução pessoal durante o intercâmbio, o que o ajudará a amadurecer para tomar uma decisão mais acertada sobre seu destino profissional.

Além disso, voltar dessa viagem com um idioma estrangeiro na ponta da língua e uma vivência internacional no currículo, já será um primeiro passo para abrir portas em seu futuro profissional.

(Redação – Agência IN)