Com inverno irregular, vendas à vista caem 4% em julho em SP, informa ACSP

O inverno irregular em julho na capital paulista foi a principal causa da queda de 4% no movimento de vendas à vista no varejo sobre igual período de 2017, segundo o Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). “O sistema à vista reúne os segmentos de roupas, calçados e acessórios. As lojas foram prejudicadas pelos poucos dias consecutivos de frio mais intenso em julho. A coleção Outono-Inverno ficou parada nas prateleiras, o que inclusive antecipou e intensificou as liquidações de inverno”, analisa Emílio Alfieri, economista da ACSP.

Vendas do varejo crescem 2,9% na primeira quinzena de agosto, revela ACSP

O movimento de vendas no varejo registrou alta média de 2,9% na capital paulista na primeira quinzena de agosto em comparação com igual período de 2016. O dado é do Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Considerando-se apenas as transações a prazo, o crescimento foi de 3,4%, enquanto nas comercializações à vista a alta foi de 2,4%.

Vendas do varejo caem 5% em janeiro, informa ACSP

O movimento de vendas do varejo paulistano caiu em média 5% em janeiro na comparação com o mesmo mês do ano passado. Houve recuos de 3,8% e de 6,2% nas comercializações a prazo e à vista, respectivamente. Os dados são do Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

Impostômetro da ACSP atinge R$ 2 trilhões

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) atingiu na quinta-feira (29/12), às 21h, a marca de R$ 2 trilhões. O valor representa o total de impostos, taxas e contribuições pagos pelos contribuintes desde o início do ano. A primeira vez que o painel registrou a cifra foi em 2015, no dia 30 de dezembro.

Impostômetro registra R$ 200 bilhões neste domingo (31), às 7h40

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) atingirá, às 7h40 deste domingo (31), a marca de R$ 200 bilhões. Trata-se do total de impostos, taxas e contribuições pagos pelos brasileiros desde o começo do ano. Em 2015, esse mesmo montante foi registrado um dia mais tarde, em 1º de fevereiro.

Assinar este feed RSS