Mais de 30% dos brasileiros não sabem se proteger na internet

Com o aumento contínuo da quantidade de dados pessoais compartilhados online, algumas pessoas estão ficando conformados e passaram a acreditar que todas as tentativas de manter sua privacidade online estão fadadas ao fracasso. Uma pesquisa recente da Kaspersky Lab revela que um terço (35%) dos brasileiros não sabe como proteger sua privacidade online, ocasionando a fadiga da privacidade - que leva ao excesso de compartilhamentos de informações nas redes sociais e à falta de atenção aos riscos básicos à segurança. No entanto, este não é o melhor momento para baixar a guarda; uma atitude despreocupada ou banal em relação à privacidade pode fazer do usuário um alvo fácil para os cibercriminosos.

ONU aprova novas diretrizes para proteção dos consumidores

O Ministério da Justiça informou que a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou, nesta terça-feira (22), as novas diretrizes para proteção dos consumidores. As primeiras foram editadas em 1985 e seu conteúdo foi base para a elaboração de normas em vários países e princípios para as relações de consumo no mundo. O atual processo de atualização durou quase dois anos e contou com a participação do Brasil.

Brasileiros protegem mal smartphones e PCs

Duas pesquisas da Avast, fabricante do sistema de segurança mais confiável do mundo para dispositivos móveis e PCs, mostram que a maioria dos usuários brasileiros de dispositivos móveis está preocupada com a segurança de suas informações, e que a maioria dos usuários de desktops diz utilizar senhas seguras. Mas as pesquisas mostram que nos dois casos faltam boas práticas de segurança: só 39,0% dos smartphones são bloqueados com senha; e 93,5% dos usuários de desktops dizem que usam senhas fortes, mas 95% deles criam senhas fracas, apenas com letras e algarismos.

Intel Security revela nova estratégia para oferecer melhor proteção

Durante o evento FOCUS, em Las Vegas, a Intel Security revelou sua nova estratégia corporativa destinada a permitir que empresas de todo o mundo se defendam de maneira mais arrojada e eficaz contra violações de dados e ataques dirigidos. Por meio de um sistema de segurança mais integrado e aberto, que unifica as principais fases do ciclo de vida de defesa contra ameaças, a nova estratégia se concentra no endpoint e na nuvem como as áreas mais eficazes para a visibilidade avançada e o controle operacional. Esses pontos de controle são ativados por detecção e análise de primeira classe para ameaças. A estratégia também enfatiza uma experiência simplificada de usuários alimentada por uma gestão centralizada e uma arquitetura conectada entre a Intel e os produtos de outros fornecedores. Com esse sistema aberto e integrado, a Intel Security pretende permitir que as organizações solucionem um número maior de ameaças com mais rapidez e menos recursos.

A proteção para as movimentações financeiras

O Banco Central, desde a implantação do SPB, vem diminuindo o valor mínimo da TED (Transferência Eletrônica Disponível) ano a ano. Segundo dados da FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos), no início de sua criação, em 2002, a compensação do crédito no mesmo dia só era possível para transações acima de R$ 5 milhões.

Brasil supera metas de proteção da camada de ozônio

Nesta terça-feira (16) celebra-se o Dia de Preservação à Camada de Ozônio. Esse filtro natural que protege a vida na Terra contra radiações solares excessivas apresenta o mais significativo índice de recuperação dos últimos 35 anos – resultado do cumprimento de tarefas do Protocolo de Montreal.

Saiba como denunciar crimes e agressões ao meio ambiente

Educação ambiental

Interessados em denunciar crimes ou agressões ao meio ambiente podem entrar em contato com o serviço Linha Verde do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) pelo telefone 0800-61-8080 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.." target="_blank">O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. A ligação é gratuita de qualquer ponto do País e funciona de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8h às 18h.

Assinar este feed RSS